ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

IFIGÊNIA EM TÁURIS

Última modificação : Quinta, 12 Maio 2016 14:40


GLUCK, CHRISTOPH WILLIBALD VON (1714-1787)

ALEMÃO - ERA CLÁSSICA - 93 OBRAS

 

IPHIGÉNIE EN TAURIDE

 

Tragédie lyrique em quatro atos

Ano da composição: 1778

Data da estreia: 18 de maio de 1779, Ópera de Paris, França

Libreto: Nicolas François Guillard, com base em Eurípedes e na tragédia de Claude Guimond de la Touche (1757).

 

Iphigénie en Tauride estreou triunfalmente na Ópera de Paris e desde então é considerada por muitos uma obra-prima do gênero no século XVIII. Seu implacável escrutínio de um grupo de almas atormentadas numa rápida sucessão de gestos de glorioso reconhecimento, cabal vingança e salvação misericordiosa. São muitas as árias emocionantes, mas a joia máxima é incontestavelmente "O malheureuse Iphigénie", no Ato II, que desde a estreia até as produções mais recentes alça grandes sopranos a novos patamares de glória vocal.

 

Gluck nada tinha contra os castrados, mas os apreciadores franceses da ópera, sim. Por isso, o papel de Pilades foi composto para contratenor, a resposta francesa ao castrado italiano.

 

 

Papeis principais:

Táuris, na Antiguidade mitológica

 

. Ifigênia, soprano - Sacerdotisa do templo de Diana

. Orestes, barítono - Irmão de Ifigênia

. Pilades, tenor (contratenor) - Amigo de Orestes

. Toas, baixo - Bárbaro cita

. Diana (Ártemis), soprano - Deusa.

 

 

Vídeo




 

 

Fonte:

Guia Ilustrado de Ópera Zahar