ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

3ª SINFONIA EM MI BEMOL MAIOR, OP.55 "EROICA"

Última modificação : Quarta, 02 Abril 2014 21:01


LUDWIG VAN BEETHOVEN (1770 – 1827)

ALEMÃO – ERA CLÁSSICA –398 OBRAS 


Sinfonia No.3 em E major, Op.55 ("Eroica")

 

Movimentos: 4

I. Allegro con brio

II. Marcia funebre. Adagio assai

III. Scherzo. Allegro vivace – Trio

IV. Finale. Allegro molto

 

Ano da composição: 1803-1804

Primeira apresentação: 07 de abril de 1805*

Vienna: Theater an der Wien. Orchestra / Ludwig van Beethoven

*Apresentação privada no verão de 1804 no castelo Eisenberg, Bohemia

Primeira publicação: Outubro de 1806 - partes*; Março de 1809 - partitura completa**

(*) Vienna: Contor delle arti e d'Industria, Plate 512

(**) London: Cianchettini & Sperati, Plate 27

Dedicatória: Franz Joseph Maximilian Fürst von Lobkowitz

Duração média: 45 minutos

Estilo: Clássico

 

Instrumentação orquestral:

2 flautas, 2 oboés, 2 clarinetes (B), 2 fagotes, 3 trompas (E, F, C), 2 trompetes (E, C), timpanos, cordas.

 

 

Foi a sua Terceira Sinfonia – Eroica – Opus 55, esboçada e terminada em apenas 4 meses durante o verão e princípio do outono de 1803, que finalmente distanciou o estilo de Beethoven dos de J.Haydn e W.A.Mozart. Ele quis criar uma obra voltada ao transcendente tema do heroísmo – o triunfo sobre a dor, a comoção e a realidade da morte – e ao escrevê-la cada vez mais se convencia de que a obra deveria ser intitulada “Bonaparte”, em homenagem ao empenho heróico que Napoleão estava realizando para moldar uma Europa liberalizada e totalmente nova.

 

Mas quando, em 1804, Beethoven soube, por meio do seu amigo e aluno de piano Ferdinand Ries, que o general havia se declarado imperador da França, foi tomado por uma cólera e rasgou ao meio a página-título de sua partitura. Assim, foi reintitulada “Sinfonia Eroica” e inseriu a Marcha Fúnebre para mostrar a sua tristeza. Foi executada em público em fevereiro de 1805 e como era muito longa e inovadora, não foi bem acolhida pelo público. Não existe evidência de que o nome Eroica fosse conhecido ou tivesse sido usado para essa sinfonia antes de sua publicação, em outubro de 1806. Beethoven usou o termo “eroica” desta maneira: “Sinfonia heróica [...] composta para celebrar a memória de um grande Homem”.


 

Vídeo


 



 

Fontes:

. IMSLP/Petrucci Music Library

. Wikipedia.org