ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

FANTASIA IMPROVISO EM DÓ SUSTENIDO MENOR OPUS POSTH. 66

Última modificação : Segunda, 09 Fevereiro 2015 17:36



FRÉDÉRIC F.CHOPIN (1810-1849)

POLONÊS – ERA ROMÂNTICA – 219 OBRAS 

 

Exilado pela revolução, abandonado pela amante, morrendo de tuberculose, mas sempre vestido com apuro, a frágil imagem de Chopin encaixa-se em todos os estereótipos do artista romântico. Primeiro poeta do piano, sua obra foi imediatamente popular e sempre transcendeu os caprichos da moda. Herói nacional, sua música anunciou a libertação de sua Polônia natal e continua a acompanhar homens de Estado à sepultura. A música para piano sofisticadamente elaborada de Chopin é reputada por seu lirismo, pureza e encanto delicado.


 

OS IMPROMPTUS

Com os impromptus, Chopin volta a recorrer à sua imaginação sonhadora, revelando-nos uma nova forma musical. O nome impromptu deveria ser traduzido como  “improvisação”, ao qual viria somar-se o prelúdio e a tocata, que normalmente eram utilizados como aquecimento quando o músico se exercitava ao instrumento. Chopin compôs 4 Impromptus, um deles a famosa:

 

FANTASIA IMPROMPTU EM DÓ SUSTENIDO MENOR, OPUS POSTH. 66

Esta peça, para piano solo, foi escrita em 1834 e dedicada a Julian Fontana, que a publicou sem a autorização do compositor. Possui muitos ritmos alternados, ou poliritmias - a mão direita toca  semicolcheias  enquanto a esquerda, tercinas -, uma linha melódica em movimento ininterrupto em compasso binário. O tempo, na abertura, é allegro agitato, muda para largo e, posteriormente, moderato cantabile, quando a tonalidade vai para Ré bemol Maior, o equivalente enarmônico da escala de Dó sustenido. A peça, então, muda para presto (embora algumas versões incorporem à partitura uma coda que faz repetir o tempo inicial) onde torna-se dó sustenido menor como no começo e acaba em um desfecho misterioso e silencioso, na qual a mão esquerda toca novamente as primeiras notas da seção central, e a direita continua a tocar as semicolcheias, até o acorde ascendente de Dó sustenido maior que marca o finale.



Vídeo