ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

CONCERTO Nº2 EM DÓ MENOR, OP.18

Última modificação : Terça, 11 Setembro 2018 14:12



SERGEI V.RACHMANINOFF (1873 – 1943)

RUSSO – ESCOLA NACIONALISTA RUSSA - 96 OBRAS 


CONCERTO Nº 2 EM DÓ MENOR, OP. 18


Escrito em três movimentos:

I. Moderato (dó menor)

II. Adagio sostenuto (Mi maior)

III. Allegro scherzando (Dó maior)

 

Ano da composição: 1900–01

Primeira apresentação: 11 de setembro de 1901 (27 de outubro O.S.), em Moscou

Philharmonic Society Concert

Sergei Rachmaninoff, piano; Philharmonic Society Orchestra / Alexander Siloti, regente

Primeira publicação: 1901 - Moscou: A. Gutheil.

Dedicatória: Nikolay Vladimirovich Dahl (1860–1939?)

Estilo: Romântico

 

Instrumentação: Piano e Orquestra

Piano, solo

Orquestra: 2 flautas, 2 oboés, 2 clarinetes (B, A), 2 fagotes, 4 trompas (F), 2 trompetes (B, A), 3 trombones, tuba, tímpanos, cordas.

 

Dos quatro concertos para piano e orquestra escritos, este segundo é sem dúvida o mais conhecido. Foi composto entre 1900-1901, pouco depois do compositor ter-se recuperado de um colapso nervoso. Assim, a história que se conta de que a obra teria sido escrita sob hipnose, com o auxílio de um médico, é pura lenda.

 

Este concerto tornou-se um sucesso internacional quando foi usado na trilha sonora de um filme da década de 40 “Brief Encounter” (“Desencanto”). É o concerto preferido do repertório de Rachmaninoff devido à habilidade de combinar a destreza dos dedos com uma harmonia cheia de doçura e melodias suntuosas.

 

Como forma geral, segue o esquema clássico-romântico em três movimentos, incrustando uma seção lenta em meio a dois extremos de caráter mais animado. Cada uma das seções, no entanto, é tratada de maneira bastante livre, o que acaba por aproximar a partitura do gênero fantasia ou mesmo rapsódia.

 


Vídeo

 

 

 

 

 

 

Fontes:

repertoriosinfonico.blogspot.com.br

IMSLP/Petrucci Music Library