ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Música na Antiguidade

Última modificação : Sexta, 04 Abril 2014 17:58


Não sabemos nada de autêntico sobre os primórdios da música e dependemos, para épocas inteiras, de lendas mais ou menos fantásticas, de ponderações teóricas das ciências ou, como no caso dos Egípcios, de imagens. Faltam-nos também quaisquer indicações positivas sobre a música dos Judeus na Antiguidade. Tal falta de conhecimento é causada pela ausência de uma escrita musical pela qual os povos dessas épocas remotas tivessem fixado suas harmonias ou melodias.


Concluímos, mediante certas tradições da mais antiga música grega, que havia uma era primitiva que ainda desconhecia os graus de semitons e cuja escala não se baseava na oitava, mas que compreendia apenas quatro ou cinco sons. Foram os Gregos os primeiros a desenvolver a música como verdadeira arte, ao passo que todos os povos, por mais primitivos que fossem, conheciam a música como forma de expressão emotiva e fenômeno acessório do culto.


Os Gregos tornaram-na independente, e dedicaram-lhe um apreço especial, de tal modo que ela, como fenômeno dos mais importantes dentro da sua vida, desempenhou um papel muito além do que lhe era atribuído entre os ovos daquela era. Para os gregos, a música era uma manifestação cultural independente, uma Arte.

 

Fonte: Dicionário Enciclopédico da Música e Músicos – Robert Fux