ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Vida dos compositores da música clássica inspiram diretores de cinema

Última modificação : Terça, 17 Fevereiro 2015 13:48


 

 

Tristão e Isolda (2006)

 

Logo após participar da Revolução de Maio de 1849, Richard Wagner exilou-se na Suíça. Durante este período de exclusão, o compositor se apaixonou por Mathilde Wesendonck, esposa do maestro Otto Wesendonck (dono da casa onde vivia). Quando o músico descobriu a traição da mulher com o amigo, Wagner teve de deixar o país subitamente, indo morar na França. Essa história inspirou a criação de "Tristão e Isolda", uma tragédia de amor e uma das mais famosas obras do compositor.

 

Veja o trailer: http://bit.ly/MPgAZz

 

 

 

Amadeus (1984)

 

No filme “Amadeus”, de 1984, Antônio Salieri é o competente compositor a serviço do imperador. Quando Mozart é apresentado à corte, Salieri se surpreende ao descobrir que todos os talentos musicais que sempre desejou foram dados a um garoto brincalhão. Enlouquecido pela inveja, Salieri não mede esforços para destruir Mozart: nem que para isso seja preciso matá-lo. Amadeus é a grandiosa reprodução de uma época em que brilhou toda maestria da divina música de Wolfgang Amadeus Mozart.

 

Confira o trailer: http://youtu.be/ZKejjhWRTZY 



 

À Noite Sonhamos (1945)

 

“À Noite Sonhamos”, de 1945, apresenta a biografia de um dos maiores gênios da música de todos os tempos: Frédéric François Chopin. Depois de ser expulso da Polônia - por se recusar a tocar para o governador - Chopin e seu professor de piano fogem para Paris. Lá, Chopin conhece a escritora Aurore Dupin, mais conhecida pelo pseudônimo masculino que usava para assinar seus livros, George Sand, por quem se apaixona perdidamente. Debilitado fisicamente e temendo que seu romance se torne público Chopin viaja para Majorca, onde o clima úmido e chuvoso fortaleceria ainda mais sua maior inimiga: a tuberculose. O filme é uma excelente adaptação biográfica para as telas.

 

Veja o filme completo: http://youtu.be/zLqyM_iQius

 

 

 

O Segredo de Beethoven (2006)

 

“O Segredo de Beethoven” é uma ficção sobre o último ano da vida do músico. Se passa em 1824 quando ele, após se isolar para poupar seus ouvidos da total surdez, pretende fazer uma volta triunfal e, para isso, está escrevendo a Nona Sinfonia. A limitação auditiva faz com que Beethoven precise de ajuda para copiar as partituras. É quando Anna Holtz, uma ousada e talentosa estudante, entra em cena. Aos 23 anos, a jovem quer o emprego a todo custo e, apesar de todo o desprezo de Beethoven, começa a trabalhar. O gênio forte e metódico do compositor não são barreiras para a sensibilidade da garota.

 

Veja o trailer do filme: http://bit.ly/Lye7CZ



 

Minha Amada Imortal (1994)

 

Dirigido por Bernard Rose; com Gary Oldman, Isabella Rossellini, Jeroen Krabbe. Viena, 1827. Ludwig van Beethoven (Gary Oldman) morre e um grande amigo do compositor, Anton Felix Schindler (Jeroen Krabbé), decide cumprir o último desejo do maestro, que deixava em testamento tudo para a "Amada Imortal", sem especificar o nome desta mulher. Assim empreende uma jornada tentando encontrá-la, encontrando em sua procura um retrato desconhecido de Beethoven.


Veja o trailer do filme: http://youtu.be/jOT2z-QQHv8


 

 

Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão (2000)

 

Levar às telas a vida de Villa-Lobos no longa “Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão” exigiu profunda pesquisa iconográfica para a reconstituição de uma época que deixou poucos vestígios no Rio de Janeiro - cidade em que o compositor nasceu e morreu. Nos estúdios do Gabinal, no Rio, foram construídos oito cenários, e, entre eles, a casa de Villa-Lobos quando criança. A estilista Marília Carneiro coordenou a criação de mais de 1000 figurinos de época e a confecção de 4.000 uniformes escolares.

 

Veja o filme: http://youtu.be/OIEu61qH2BQ



 

Villa-Lobos - O índio de casaca (1987)

 

Direção de Roberto Feith, roteiro e texto de Álvaro Ramos e apresentação de Paulo José. Celebrando o centenário de nascimento do compositor, focalizando vida e obra, o documentário traz depoimentos do próprio Villa-Lobos, de Hermínio Bello de Carvalho, Guerra Peixe, Tom Jobim, Arthur Rubinstein, Andrés Segovia, dentre outros. Trechos inéditos de filmes, alguns feitos pela mulher do compositor. Participações especiais de Turíbio Santos, Antônio Guedes Barbosa e da Orquestra Filarmônica Mundial, regida por Lorin Maazel. É considerado um dos vídeos mais bem realizados pela televisão brasileira.

 

Aqui você encontra o filme: http://youtu.be/Bz-laUf22Ts