ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Robert Schumann

Última modificação : Domingo, 18 Março 2018 11:17


 


Considerado o maior compositor do Romantismo alemão, Robert Alexander Schuman foi desde pequeno um exímio pianista. Natural de Zwickau, começou a compor antes dos sete anos, mas sua infância dividiu as atenções no cultivo música tanto quanto da literatura. Segundo um amigo próximo de Schumann, o músico tinha um modo bastante particular de compor que acompanhou durante toda a carreira. "Ele ouvia as vozes dos anjos e anotava suas músicas. Mas logo os anjos se transformaram em demônios". A frase define também aquela que foi uma das maiores batalhas da vida do músico: a luta contra a loucura. Com poesia musical cheia de frescor e, ao mesmo tempo, de melancolia profunda Schumann sempre preferiu as pequenas peças (a peça pianística, o lied), mas também compôs quatro sinfonias. Seu “Quinteto para piano e cordas em Si bemol Maior, Op.44”, composto em 1842,  é considerado a mais bonita música de câmara entre Schubert e Brahms.

 

Confira as melhores composições de Schumann. http://bit.ly/13hiDlX

 

 

O jovem Robert Schumann, aos 22 anos, já sentia a doença degenerativa que iria lhe dificultar o movimento dos dedos e, em pouco tempo, impossibilitá-lo de continuar tocando piano. A acalentada ideia de se tornar um grande concertista caiu por terra. Em compensação, Schumann passou a se entregar com afinco ao exercício da composição. Aos 25 anos, em 1835, produziu uma de suas obras-primas, Carnaval, Op.9

 

Confira a música no vídeo: http://bit.ly/1652sIX

 

 

Em 1843, Schumann foi contratado para lecionar no Conservatório de Leipzig, mas não se revelou um bom professor. A saúde e os surtos psicóticos, porém, comprometeram seu trabalho.

 

Veja o documentário "Vida e Tragédia", que conta a história de Schumann: http://bit.ly/13UdSOZ


 

Nos seis últimos anos de sua carreira musical, Schumann escreveu febrilmente, já marcado pela doença mental. Assim como ocorreu com outros músicos, Schumann não foi devidamente reconhecido em vida. Só depois da morte tornou-se um dos compositores mais queridos do público. Continue lendo