ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Frédéric François Chopin

Última modificação : Quinta, 17 Outubro 2019 15:04


 

 

Amplamente reconhecido como um dos maiores compositores para piano e um dos pianistas mais importantes da história, Chopin teve sua técnica refinada e sua elaboração harmônica comparadas com as de outros gênios da música, como Mozart e Beethoven.

 

Frédéric Chopin nasceu em Żelazowa Wola, uma aldeia próxima a Sochaczew, na região de Mazóvia, que faz parte do Ducado de Varsóvia. Era filho de Mikołaj (Nicolas) Chopin (1771-1844), um francês de descendência polonesa distante, proveniente de Lorena, que adotou a Polônia como sua terra natal após imigrar em 1787. Era uma criança dotada de um instinto musical quase tão agudo quanto o de Mozart, e uma habilidade para arremedar os outros, o que lhe teria assegurado um cargo de ator, e uma predisposição para perturbações pulmonares, indício de uma morte prematura.

 

Continue lendo sobre Chopin

 

Ouça o belíssimo  Andante Spianato da Grande Polanaise Brillante Op.22:http://bit.ly/1752aD8

 


Durante seus anos de escola, há rumores de que Frédéric Chopin foi um talentoso retratista e escritor de cartas. Um professor ficou alegremente surpreso em saber que Chopin desenhou um magnífico retrato seu durante a aula. Na música, o jovem Chopin recebeu suas primeiras aulas de piano de sua irmã mais velha e foi posteriormente ensinado por sua mãe. Seu talento musical logo apareceu, ganhando em Varsóvia a reputação de "segundo Mozart". Aos sete anos ele já era autor de duas polonesas (sol menor e si bemol maior).

 

Aqui você conhece o Concerto para piano nº 1 em mi menor, Op. 11, uma de suas obras-primas

 

 

Com a carreira em franca expansão, Chopin mudou-se para Paris, onde realizou vários concertos. Para o piano criou um estilo peculiar, de nervosa oscilação rítmica pelo uso insistente do tempo rubato. Na sua obra para piano solo há peças de difusa fantasia poética, peças de vibração passional, exercícios de desafio à técnica pianística e até, em algumas, mero virtuosismo, que se deve talvez à influência de seu próprio virtuosismo no teclado.  Chopin escreveu 24 estudos (“Études”) em dois conjuntos de 12 estudos cada (Op.10 e Op.25), considerados a Carta Magna da técnica pianística romântica. Saiba mais sobre esses Estudos.

 

 

Sempre com a saúde frágil, morreu em Paris aos 39 anos, vítima de tuberculose. Antes do funeral de Chopin, de acordo com seu desejo ao morrer, seu coração foi retirado devido a seu medo de ser enterrado vivo. Ele foi posto por sua irmã em uma urna de cristal selada, com Cognac, destinada a Varsóvia. O coração permanece até hoje lacrado dentro de um pilar da Igreja da Santa Cruz. Debaixo de uma inscrição do Evangelho de Mateus, 6:21: "onde seu tesouro está, estará também seu coração".

 

Conheça mais da história de Chopin no filme "À noite sonhamos" (A Song to Remember). Aqui você encontra um trecho do filme.