ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

RUSLAN I LYUDMILA

Última modificação : Domingo, 09 Dezembro 2018 17:25



GLINKA, MIKHAIL IVANOVITCH (1804 - 1857)

RUSSO - ESCOLAS NACIONAIS - RUSSA - c.195 OBRAS

 

RUSLAN E LUDMILA

 

Ópera em 5 atos

Ano da composição: 1837-1842

Estreia mundial: 09 de dezembro 1842, Teatro Bolshoi, São Petersburgo, Rússia

Libreto: Konstantin Bakhturin, Valerian Shirkov, entre outros, com base no poema de Alekandr Pushkin.

 

Pedra angular da ópera russa, não é na verdade sequer a primeira ópera de Glinka, mas sua influência sobre os compositores russos posteriores foi fundamental. Até Glinka, a ópera italiana dominava o gosto musical em São Petersburgo. Ainda se ouvem ecos do bel canto italiano nessa partitura, mas, com o enredo de contos de fadas e o elenco em trajes suntuosos, as árias melancólicas, os coros empolgantes, as danças movimentadas e o colorido oriental, eles conspiram para situar Ruslam i Lyudmila na Rússia. O libreto, escrito por cinco amadores, é sabidamente desigual, mas não compromete a sucessão de árias deliciosas. Uma das mais belas é "I zhar, i znoi smenila nochi ten", cantada por um contralto no papel "travestido" de Ratmir.

 

A morte prematura de Pushkin num duelo o impediu de transformar seu poema num libreto de ópera. Outro motivo do enredo confuso é o fato de Konstantin Bakhturin supostamente tê-lo esboçado em três horas, embriagado.

 

Papeis principais:

Rússia, por volta do século IX

Svetozar, baixo - Príncipe do Kiev

Lyudmila, soprano - Sua filha

Ruslan, Barítono - Guerreiro, amado de Lyudmila

Ratmir, contralto - Pretendente de Lyudmila

Gorislava, soprano - Escrava de Ratmir

Naina, mezzo-soprano - Fada má

 

 

Vídeo

 

 




 

 

Fonte: Guia Ilustrado de Ópera Zahar