ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

SINFONIA Nº 9, EM MI MENOR, OP. 95, "DO NOVO MUNDO"

Última modificação : Domingo, 16 Dezembro 2018 11:45



DVORÁK, ANTONÍN (1841-1904)

TCHECO – ESCOLA NACIONAL LESTE EUROPEU – 189 OBRAS

 

Sinfonia nº 9, em mi menor, Op. 95; B. 178 

Ano da composição:1893

Estreia mundial: 16 de dezembro de 1893, Nova York

Primeira publicação: 1894, sob o título "Sinfonia nº 5"

Duração média: 41 minutos

Estilo: Romântico

 

Dvorák acreditava que a música popular norte-americana podia produzir uma voz musical caracteristicamente nacional, embora a "Novo Mundo" não contenha nenhuma melodia autenticamente americana.

 

A Nona Sinfonia foi criada em 1892 no período em que o compositor estava nos Estados Unidos e sentia saudades de sua terra. Nela temas americanos dialogam com os eslavos e a obra ganha um tom trágico, o que mostra a escolha de uma tonalidade menor (mi menor) para ser a base da sinfonia.

 

A obra estreou em 1893 no Carnegie Hall de Nova York em comemoração do aniversário da conquista do novo mundo, fato que deu nome à obra.

 

Instrumentação:

Madeiras

piccolo (dobrado pela 2ª flauta)

2 flautas

2 oboés

corne inglês (dobrado pelo 2º oboé)

2 clarinetes em lá (si bemol no 2º mov.)

2 fagotes

Metais 

4 trompas em mi, dó e fá

2 trompetes em mi, dó e mi bemol

2 trombones tenor

trombone baixo

tuba (apenas 2º mov.)

Percussão       

tímpanos

triângulo (apenas 3º mov.)

pratos (apenas 4º mov.)

Cordas

primeiros violinos

segundos violinos

violas

violoncelos

contrabaixos

 

Andamentos:

1. Adagio, Allegro Molto

2. Largo

3. Scherzo: Molto vivace

4. Allegro con fuoco

 

 

Vídeo