ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Músicas Natalinas

Última modificação : Domingo, 25 Dezembro 2016 12:40



Durante esse período diversas obras clássicas natalinas são executadas pelo mundo todo. Algumas delas, inclusive, atravessam os anos e sempre são lembradas na hora de homenagear o Natal. O Concertino selecionou quatro canções natalinas que nunca são esquecidas.


Esta é um clássico. "Noite Feliz" é uma das canções mais populares da noite de Natal. Com mais de 300 traduções ao redor do mundo, a partitura original nomeia a canção de “Stille Nacht, heilige Nacht” (Noite calma, noite santa). Sabe-se que a obra foi escrita em 1816 para as comemorações natalinas de 1818, quando o padre Joseph Mohr, preocupado com a possibilidade de uma noite de Natal sem música, saiu atrás de um instrumento que pudesse substituir o violão que havia sido roído por ratos.  O que ninguém jamais poderia imaginar era que a poesia improvisada viajaria por vários países e sobreviveria por tantos anos. A capela onde tudo começou é um ponto turístico indispensável para quem estiver nas redondezas de Salzburg, Áustria. Hoje é conhecida como “Stille nacht Kapela”.

 

Confira uma bela apresentação de Andrea Bocelli: http://bit.ly/U79l7u

 

Saiba mais sobre a composição: http://bit.ly/ZcTdVW

 

 

O Concerto Grosso Op.6 N.8 é uma obra orquestral do compositor italiano Arcangelo Corelli. Publicada postumamente como uma série de doze peças, é considerada por muitos o auge da forma do concerto grosso. Os primeiros oito são escritos como "sonata da chiesa", ou sonata de igreja, sendo que o último ficou conhecido como "Concerto de Natal", em parte devido à indicação "Pastoral" atribuída por Corelli, ao movimento final, sendo executado na noite de Natal.

 

Confira: http://youtu.be/i1fR1gat2qs

 


A famosa história que marca a época natalina, “O Quebra-Nozes”, foi adaptada para o teatro por Tchaikovsky, em 1892, a partir de um conto do escritor alemão E.T.A. Hoffmann, “Quebra-nozes e o Rei dos Ratos”.


A obra tem desfrutado de enorme popularidade desde o final dos anos 1960 e agora é executada por inúmeras companhias de balé lotando teatros de todo o mundo, principalmente durante a época de Natal.

 

Saiba mais sobre a Suíte Quebra-Nozes: http://bit.ly/1c9CUdh

 

Confira: http://bit.ly/U4mmh7

 


"Os Doze Dias do Natal" é uma canção natalina que enumera uma série de presentes cada vez mais grandiosos no decorrer dos dozes dias de Natal. A canção foi executada pela primeira vez na Inglaterra, em 1780. A obra traz uma composição cumulativa, onde cada verso é construído em cima dos versos anteriores. Há, no total, 12 versos, cada um descrevendo um dom dado por "meu amor verdadeiro" em um dos doze dias de Natal.

 

Confira: http://youtu.be/T-cjK3f87jI