ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

RIGOLETTO

Última modificação : Terça, 08 Março 2016 14:53



VERDI, GIUSEPPE (1813-1901)

ITALIANO – ÓPERA ROMÂNTICA – 42 OBRAS

 

Melodramma em três atos

Ano da composição: 1850-1851

Estreia mundial: 11 de março de 1851, La Fenice, Veneza, Itália

Libreto: Francesco Maria Piave, com base na tragédia "Le roi s´amuse (1832), Victor Hugo.

 

Essa ópera deu início à reputação internacional de Verdi: em dez anos, foi montada em cerca de 250 teatros de ópera de todo o mundo. A inesquecível ária para tenor "La donna è mobile" certamente contribuiu para o sucesso, que também se escora num enredo audacioso, aceito pelos censores venezianos apenas após duas revisões. Musicalmente, Rigoletto representava nítido rompimento com o passado: Verdi descartou árias de introdução e ensembles nos finales, intensificando o ritmo dramático com o recitativo cantado de Rigoletto, um tipo de recitativo melódico. Caso raro em sua produção, trata-se também de uma ópera dominada pela voz de um barítono.

 

Verdi estava tão certo de ter composto um sucesso com "La donna è mobile" que instruiu os músicos da orquestra a não assobiar ou cantar a melodia fora dos ensaios no teatro antes da estreia.

 

Papéis principais:

Em Mântua e proximidades, na Itália do século XVI

 

. Duque de Mântua, tenor - Um nobre libertino

. Rigoletto, barítono - O bobo corcunda de sua corte

. Gilda, soprano - Filha de Rigoletto

. Sparafucife, baixo - Assassino de aluguel

. Maddalena, contralto - Irmã de Sparafucife

. Giovanna, mezzo-soprano - Sua aia

. Conde Monterone, barítono - Inimigo do duque

. Condessa Ceprano, mezzo-soprano.

 

 

Vídeo

 

 

 

Fonte:

Guia Ilustrado de Ópera Zahar