ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

COMTE ORY, LE

Última modificação : Quarta, 17 Agosto 2016 15:00


 

GIOACHINO ANTONIO ROSSINI (1792-1868)

ITALIANO – ÓPERA ROMÂNTICA – C. 240 OBRAS

 

O CONDE ORY

 

 

Ópera em dois atos

Ano da composição: 1828

Data da estreia: 20 de agosto de 1828, Théâtre de l´Académie Royale de Musique, Paris, França

Libreto: Eugène Scribe e C.G.Delestre-Poirson, com base em sua peça de 1816, inspirada numa balada medieval.

 

 

Última ópera cômica de Rossini, inspira-se vagamente numa balada medieval sobre cavaleiros que seduzem freiras. Na peça de um ato oferecida a Rossini por Eugène Scribe e Charles Gaspard Delestre-Poirson, contudo, um cavaleiro se veste de freira para seduzir uma condessa. Rossini pediu então o acréscimo de um primeiro ato. E a ópera, com seus deliciosos coros, ensembles e árias, logo conquistaria grande popularidade.

 

Metade da partitura foi adaptada por Rossini de Il viaggio a Reims, composta três anos antes. Chocados com o descarado autoplágio do compositor, os libretistas não assinaram a obra.

 

 

Papeis principais:

Formoutiers, França, século XII

 

. Conde Ory, tenor - Um libertino aristocrata francês

. Adèle, soprano - Condessa de Formoutiers

. Isolier, mezzo-soprano - Pajem do conde

. Raimbaud, barítono - Amigo do conde

. O tutor, baixo

. Ragonde, mezzo-soprano - Empregada do castelo.

 

 

Vídeo


 

 

 

 

Fonte:

Guia Ilustrado da Ópera Zahar