ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

PESCADORES DE PÉROLAS, OS

Última modificação : Sábado, 27 Agosto 2016 15:32



 

GEORGES BIZET (1838 – 1875)

FRANCÊS – ERA ROMÂNTICA - C.120 OBRAS

 

LES PÊCHEURS DE PERLES

 

Ópera em três atos (quatro quadros)

Ano da composição: 1863

Data da estreia: 30 de setembro de 1863, Théâtre-Lyrique, Paris, França

Libreto: Eugène Cormon e Michel Carré.

 

 

Essa obra lançou a carreira operística de Bizet, embora não tenha sido recebida com entusiasmo na estreia. O próprio compositor a considerava um honroso e brilhante fracasso. Hoje, contudo, ela é a outra ópera de Bizet - além de Carmen - a merecer produções regulares. Composta quando ele tinha apenas 25 anos, mostra-o influenciado por Gounod e Verdi e ainda buscando voz própria. Assim, embora a ópera se passe no Ceilão, a música não apresenta qualquer cor local. Através de árias, duetos e coros maravilhosamente melodiosos, Bizet evoca, isto sim, um mundo meio onírico de puro romance, dominado pela figura de uma sacerdotisa virgem e convulsionado por paixões humanas. É considerada de montagem difícil por quase não ter ação, mas a partitura exuberante é sempre um deleite.

 

A mais bela melodia da ópera, o dueto "Au fond du temple saint", para tenor e barítono, é um leitmotif que retorna (às vezes apenas na orquestra) sempre que a amizade entre Zurga e Nadir é evocada.

 

 

Papeis principais:

Uma praia no Ceilão (hoje Sri Lanka)

 

. Zurga, barítono - Líder dos pescadores de pérolas

. Nadir, tenor - Pescador, seu amigo de infância

. Leila, soprano - Misteriosa sacerdotisa virgem

. Nourabad, baixo - Grão-sacerdote.

 

 

Vídeo


 

 

 

 

 

 

Fonte:

Guia Ilustrado da Ópera Zahar