ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Conheça algumas das principais orquestras do mundo

Última modificação : Sexta, 04 Março 2016 15:12



 

Orquestra é um conjunto musical tipicamente ocidental, de cuja formação participam instrumentos de cordas, sopro e percussão, organizados em naipes – subgrupos compostos por instrumentos iguais ou da mesma família. O objetivo da instrumentação é a fusão dos elementos acústicos e dos timbres, o que resulta em gigantesco instrumento homogêneo. Sob a direção de um maestro, a orquestra executa sinfonias e outras obras instrumentais, além do acompanhamento de óperas, obras corais, etc. Em acepção mais ampla, o termo orquestra designa conjuntos de instrumentistas, inclusive de culturas não ocidentais.

 

 

Filarmônica de Berlim

A Alemanha tem hoje cerca de 50 grandes orquestras sinfônicas e mais ou menos o mesmo número de orquestras de câmara e orquestras juvenis. A tradição desses conjuntos musicais chega a ser centenária. Grandes compositores, regentes e solistas marcaram o alto nível musical das orquestras alemãs.  A orquestra sinfônica mais premiada da Alemanha (entre outros com 9 Grammys) teve sua origem em uma orquestra de entretenimento de Berlim, em 1882. Brahms, Tchaikovsky e Grieg foram alguns de seus primeiros maestros convidados. Desde 1963, a Filarmônica de Berlim está sediada no prédio de mesmo nome, Philharmonie, junto ao Tiergarten. Pioneiros da era dos CDs (sob a direção de Herbert von Karajan), eles ficaram mundialmente famosos também como embaixadores da UNICEF (sob a direção de Sir Simon Rattle).

 

Confira uma apresentação da Orquestra: http://youtu.be/Ue76WS6YkOY

Saiba mais sobre o conceito de uma orquestra: http://bit.ly/1lDOMtM

 

 

Filarmônica de Nova York

Fundada em 1842, a Orquestra Filarmônica de Nova York é a mais antiga orquestra dos Estados Unidos e uma das mais antigas do mundo. Atuando continuamente ao longo de dois terços da história de seu país, tem desempenhado papel de grande destaque na vida musical norte-americana. Durante as 35 semanas de sua temporada anual de assinaturas, a realiza cerca de 150 concertos, a maioria deles no Avery Fisher Hall, no Lincoln Center.  Desde a sua criação, a Orquestra sempre prestigiou a música de seu tempo: esteve à frente de diversas primeiras audições mundiais de obras de grande importância – como o Concerto nº 2 para Piano e Orquestra de Tchaikovsky, a Sinfonia nº 9, Novo Mundo de Dvorák, o Concerto nº 3 para Piano e Orquestra de Rachmaninoff e a Sinfonia em Três Movimentos de Stravinsky.

 

Confira uma apresentação da Orquestra: http://youtu.be/0FF4HyB77hQ

 

Saiba mais sobre a origem da orquestra: http://bit.ly/1mpziJK

 

 

Orquestra Real do Concertgebouw

A Orquestra Real do Concertgebouw é uma orquestra sinfônica holandesa, baseada no Concertgebouw de Amsterdã. Em 1988, a Rainha Beatriz dos Países Baixos conferiu o título de "Real" à orquestra. Em dezembro de 2008, um grupo de críticos, convidados pela revista Gramophone, elegeu a orquestra como a melhor sinfônica do mundo. É uma das orquestras que contribuem com a Ópera Holandesa.

 

Confira apresentação da Orquestra: http://youtu.be/sHsFIv8VA7w

 

Saiba a importância do Maestro em uma Orquestra: http://bit.ly/1nFZJxh

 

 

OSESP

Desde seu primeiro concerto, em 1954, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo - Osesp - construiu uma trajetória de grande sucesso, tornando-se a instituição que é hoje. Reconhecida internacionalmente por sua excelência, a Orquestra é parte indissociável da cultura paulista e brasileira, promovendo transformações culturais e sociais profundas.  Em 2013, Marin Alsop é nomeada diretora musical da Osesp e a orquestra realiza nova turnê europeia, apresentando-se pela primeira vez — e com grande sucesso — na Salle Pleyel, em Paris, no Royal Festival Hall, em Londres, e na Philharmonie, em Berlim. 

 

Confira apresentação da Orquestra: https://youtu.be/C5ob5n67nV0

 

Saiba mais sobre Orquestras Clássicas: http://bit.ly/1vfI7iS