ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

ANNA BOLENA

Última modificação : Sábado, 19 Novembro 2016 15:06


 

DONIZETTI, GAETANO (1797-1848)

ITALIANO - ÓPERA ROMÂNTICA - C.550 OBRAS

 

ANNA BOLENA

 

Tragédia lírica em dois atos

Ano da composição: 1830

Data da estreia: 26 de dezembro de 1830, Teatro Carcano, Milão, Itália

Libreto: Felice Romani (1788–1865), com base nas peças Henri VIII, de Marie-Joseph Chérnier, e Anna Bolena, de Alessandro Pepoli.

 

 

Diz a lenda que no outono de 1830 - ano da estreia em Paris de Hernani, de Victor Hugo, uma das fontes do movimento romântico - Bellini e Donizetti trabalhavam simultaneamente à beira do lago Como por encomenda do diretor do Teatro Carcano de Milão: Bellini instalado em Moltrasio, numa das margens, acompanhado de Giuditta Turina, Donizetti do outro lado, em Blevio, tendo ao lado Giuditta Pasta. Ambos tinham na mesa de trabalho um libreto do célebre Felice Romani, e cada um estava decidido a suplantar o outro. Donizetti recebeu o libreto de Anna Bolena a 10 de novembro (a composição estaria concluída exatamente um mês depois), mas só em dezembro chegava às mãos de Bellini o de La Sonambula.

 

Anna Bolena foi o primeiro grande sucesso de Donizetti e seu passaporte para a fama internacional. Embora o relato da execução de Anna Bolena seja historicamente inexato, essa obra é acima de tudo uma orgia do bel canto, com gloriosas árias de soprano e tenor, um tocante dueto entre a malfadada rainha e sua sucessora designada e finales magistrais nos dois atos. Muito longa, costuma ser apresentada com cortes significativos.

 

Foi com Maria Callas no papel-título, em magnífica produção de Luchino Visconti, que a ópera triunfou no Scala em 1957, e foi também como Anna Bolena que a cantora retornou um ano depois aos palcos italianos, após o mais rumoroso escândalo de sua carreira.

 

 

PAPEIS PRINCIPAIS

Windsor e Londres, Inglaterra, em 1536

 

. Enrico VIII, baixo - o rei Henrique VIII

. Anna Bolena, soprano - Sua segunda mulher

. Giovanna (Jane) Seymour, mezzo-soprano - A terceira mulher do rei

. Smeton, mezzo-soprano - Um músico da corte

. Percy, tenor - O ex amante de Anna.

 

 

Vídeo


 



 

 

Fontes:

Guia Ilustrado da Ópera Zahar

Kobbé - O Livro Completo da Ópera, Jorge Zahar Editor