ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

CENERENTOLA, LA

Última modificação : Quarta, 23 Dezembro 2015 17:03


 

GIOACHINO ANTONIO ROSSINI (1792-1868)

ITALIANO – ÓPERA ROMÂNTICA – C. 240 OBRAS

 

CINDERELA ou A GATA BORRALHEIRA

 

Dramma giocoso em dois atos

Ano da composição: 1816-1817

Data da estreia: 25 de janeiro de 1817, Teatro Valle, Roma, Itália

Libreto: Giacomo (Jacapo) Ferretti, a partir de Cendrillon, de Charles Perrault, e libretos anteriores baseados no mesmo conto.

 

 

Inspirada no conto de fadas Cinderela, é a ópera mais popular de Rossini depois de Il barbieri di Siviglia, e também é escrita para um contralto ou mezzo-soprano que sustente longos trechos de canto coloratura. O papel-título requer lirismo, o primeiro dueto de amor, e os ensembles testam os outros cantores com a elocução do texto em alta velocidade e a ornamentação requintada. Um personagem bufo, Don Magnifico, e tinturas mais escuras, indicam ser uma ópera semi-seria.

 

Na versão rossiniana de Cinderela, uma pulseira substitui o sapatinho de vidro do conto original, provavelmente porque era considerado impróprio que uma mulher mostrasse o pé nu no palco.

 

 

PAPÉIS PRINCIPAIS

Salermo, Itália

 

. Angiolina (La Cenerentola), contralto ou mezzo-soprano - Enteada de Don Magnifico

. Don Ramiro, tenor - Príncipe de Salermo

. Dandini, baixo - Seu criado

. Don Magnifico, baixo - Um barão, padrasto da Cenerentola

. Clorinda, soprano e Tisbe, mezzo-soprano - Filhas de Don Magnifico.

 

 

Vídeo

 

 

 

 

 

 

Referências bibliográficas:

Kobbé, O Livro Completo da Ópera - Jorge Zahar Editor (1991 - Edição Língua Portuguesa)

Guia Ilustrado Zahar da Ópera - Jorge Zahar Editor (2010 - Edição Brasileira)