ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Paixões de Johann Sebastian Bach, As

Última modificação : Quinta, 13 Abril 2017 13:51



 

A Paixão é um oratório de natureza especial: seu texto tem como base a narração de um dos quatro Evangelhos canônicos sobre a Paixão de Cristo. Obras primas do compositor, A Paixão segundo Mateus e a Paixão segundo São João são aclamadas até hoje e acompanham celebrações cristãs em todo o mundo.

 

 

A Paixão segundo Mateus BWV 244, mais conhecida em países católicos como Paixão segundo São Mateus, é um oratório de Johann Sebastian Bach, que representa o sofrimento e a morte de Cristo segundo o Evangelho de Mateus, com libreto de Picander (Christian Friedrich Henrici). Com uma duração de mais de duas horas e meia (em algumas interpretações, mais de três horas) é a obra mais extensa do compositor.

 

Confira a ária do final da 1ª parte: https://youtu.be/D7iTe9CZLAY

 

 

A Paixão segundo Mateus não foi ouvida fora de Leipzig até 1829, quando Felix Mendelssohn apresentou uma versão abreviada em Berlim e foi vivamente aclamado. A redescoberta da Paixão segundo Mateus através de Mendelssohn expôs a música de Bach — principalmente suas grandes obras — à maior atenção pública e acadêmica que persiste até os dias atuais.

 

Quer saber mais? Aqui você encontra a obra na íntegra com legendas em português:

https://youtu.be/KNJZzXalO8Q

 

 

Outro grande sucesso do compositor é A Paixão segundo São João, BWV 245 (em alemão:Johannes-Passion), um oratório sacro de Johann Sebastian Bach. A peça foi composta em Leipzig, no inverno que precedeu a Sexta-feira Santa de 1724. A obra é uma representação dramática do texto contido no Evangelho de João, emoldurada por dois corais (abertura e final) e dramatizada de forma reflexiva em recitativos, corais, ariosos, e arias.

 

Confira um trecho da composição: https://youtu.be/pf4UNJqv_-A

 

 

Comparada com a Paixão segundo São Mateus, BWV 244, a Paixão segundo São João tem sido descrita como mais extravagante, com um andamento expressivo, às vezes desenfreado e menos "acabado". Originalmente Bach planejou a peça para ser apresentada na Igreja de São Tomás em Leipzig, mas uma decisão de última hora do conselho municipal de música mudou a apresentação para a Igreja de São Nicolau.

 

Ouça a obra completa: https://youtu.be/QJ0Vgb99tsQ?list=PL622A74FAE4A340B2

 


 

Frase MaxReger