ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

EUGÊNIO ONEGUIN

Última modificação : Sexta, 26 Junho 2015 16:57


 

PYOTR ILYICH TCHAIKOVSKY (1840 – 1893)

RUSSO – ERA ROMÂNTICA - 159 OBRAS

 

IEVGUENI ONIEGUIN

 

Ópera (cenas líricas) em três atos e sete cenas

Número de catálogo: Op.24; TH 5; ČW 5

Ano da composição: 1877-1878; revisada em 1880, 1885, 1891

Data da estreia: 29 de março de 1879, Teatro Maliy, Conservatório de Moscou, Rússia

Libreto: Pyotr Tchaikovsky e Konstantin Shilovsky, com base em Pushkin

Idioma: Russo

Instrumentação: vozes, coro e orquestra.

 

Considerada a mais popular ópera russa, inspirada num dos poemas mais conhecidos de Pushkin. Apesar de evocar a vida da burguesia no campo no tempo dos czares, a música é sem dúvida ocidental, com um pouco do espetáculo e nada das cores folclóricas preferidas de outros compositores russos da época de Tchaikovsky. Na verdade, com suas várias árias introspectivas, é em essência uma ópera intimista. E também uma história de amor marcada pela tragédia e sem final feliz. A famosa e longa cena da carta de Tatyana captura os sonhos de uma jovem cuja imaginação é influenciada tanto pela literatura quanto pelo desejo de amar. A dura resposta de Onieguin a esse amor estabelece o tom sombrio da ópera.

 

O medo do fracasso levou Tchaikovsky a estrear a ópera com alunos do Conservatório de Moscou, embora essas vozes jovens não estivessem preparadas para os desafios emocionais apresentados pelos papeis principais. Logo o sucesso da ópera atrairia cantores mais maduros.

 

 

PAPEIS PRINCIPAIS:

Propriedade dos Larin perto de São Petersburgo, Rússia, fim do século XVIII

. Madame Larina, mezzo-soprano - Dona da propriedade

. Tatyana, soprano - Sua filha mais velha

. Olga, contralto - Sua filha mais nova

. Ievgueni Onieguin, barítono - O amado de Tatyana

. Lensky, tenor - Noivo de Olga

. Príncipe Gremin, baixo - General da reserva, marido de Tatyana

. Filipyevna, mezzo-soprano - Ama de Tatyana.

 

 

Vídeo


 

 

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

Kobbé, O Livro Completo da Ópera, Jorge Zahar Editor, Edição Língua Portuguesa (1991)

Guia Ilustrado da Ópera Zahar, Jorge Zahar Editor, Edição Brasileira (2010)