ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Auditório Masp Unilever recebe 18 concertos dos núcleos musicais do Instituto Baccarelli em 2016

Última modificação : Sexta, 12 Agosto 2016 16:25


 Baccarelli Logo II


 

 

Ao longo de 2016, os principais núcleos musicais sob a batuta do Instituto Baccarelli irão se apresentar, revezadamente, no auditório Masp Unilever, na capital paulista. O ciclo de concertos, iniciado em 20 de março com a Orquestra Sinfônica Heliópolis sob a regência do maestro norte-americano Christopher Russell, prosseguirá até 20 de novembro com duas apresentações sempre aos domingos e em dois horários: 11h e 16h. Todas com cerca de uma hora de duração, sem intervalo.

 

 

Neste mês de abril, a primeira a subir o palco do auditório deste tradicional museu localizado na Avenida Paulista é a Orquestra Juvenil Heliópolis. Sob a batuta do maestro Edilson Venturelli, os componentes da formação interpretarão, no dia 17/4, às 11h, um programa dedicado a Mozart. Nas partituras, As Bodas de Fígaro, KV 492 (Abertura), A Flauta Mágica, KV 620 (Abertura) e Sinfonia Concertante Para Violino e Viola em Mi Bemol Maior, KV 364/320d, que terá Robinho Carmo (spalla da OSH) e Daniel Mendes (chefe do naipe das violas) como solistas. No mesmo dia, às 16h, os integrantes do Coral da Gente se apresentarão sob a regência de Maira Ferreira e com Juliana Ripke ao piano, exibindo repertório com canções consagradas da MPB, como Cálice, de Chico Buarque, e Conversa de Botequim, de Noel Rosa, entre outras.

 

Em 15 de maio, na parte da manhã, Edilson Ventureli assumirá a regência da Orquestra Sinfônica, que contará com solo de violino de Alessandro Borgomanero. No repertório, peças de Ludwig Van Beethoven, como Abertura Egmont, Op.84, Concerto Para Violino em Ré Maior, Op.61.Na parte da tarde, a Camerata Heliópolis brindará o público com obras de dois grandes compositores: Antonio Vivaldi, Antonio Carlos Gomes e BélaBartók. Do primeiro, Concerto Para Quatro Violinos em Si Menor, Op.3/RV 580 – L’EstroArmonico; do segundo, Sonata Para Cordas em Ré Maior – Burrico de Pau; e do terceiro, Danças Romenas, Sz.68. Tudo sob a regência de Emmanuele Baldini.

 

Em 19 de junho, será a vez da Camerata do Instituto Baccarelli (sob orientação de Pedro Visockas) se apresentar durante a manhã (repertório a definir), enquanto o Coral da Gente voltará ao palco, à tarde, sob a regência de Silmara Drezza (repertório a definir).

 

No mês seguinte, em 17 de julho, os integrantes da Orquestra Sinfônica, uma vez mais sob a batuta de Edilson Ventureli e com participação especial de Rubén Zúñiga ao vibrafone, apresentarão, às 11h, Concerto Para Vibrafone e Orquestra de Cordas, de Emmanuel Séjourné; de PiotrIlitch Tchaikovsky, Romeu e Julieta (Abertura-Fantasia) e Capricho Italiano, Op. 45. À tarde, a Orquestra Infantojuvenil, com o maestro Eduardo Bello, e a Orquestra Preparatória(sob a regência de Fábio Almeida) tomam o palco do auditório (repertório a definir).

 

Em agosto, dia 21, às 11h, os músicos da Orquestra Juvenil se apresentarão sob a regência de Edilson Venturelli e com Rogério Zaghi ao piano. No programa, Concerto No5 Para Piano em Mi Bemol Maior, Op. 73 – Imperador e Sinfonia No6 em Fá Maior, Op. 68 – Pastoral, ambas de Ludwig Van Beethoven. À tarde, a apresentação ficará por conta do Grupo de Metais e Percussão, sob a orientação de Marcos dos Anjos (repertório a definir).

 

Em setembro, dia 18, a Sinfônica retorna, na parte da manhã, ao auditório para se apresentar sob a regência de Edilson Venturelli e solo de trombone com Darcio Gianelli. No programa, Dream, de Andrew Cadima. No período da tarde, duas orquestras no palco: a Infantojuvenil e a Infantil, conduzidas, respectivamente, por Eduardo Bello e Márcio Rampin (repertório a definir). Novamente com a Orquestra Juvenil regida por Edilson Ventureli na parte da manhã, o público será brindado com obras de Wolfang A. Mozart e AntonínDvořák: Sinfonia Concertante Para Oboé, Clarinete, Fagote, Trompa em Mi Bemol Maior, KV 297b e Sinfonia No 8 em sol Maior, Op. 88, respectivamente. Às 16h, sob a regência de Emmanuele Baldini, a Camerata apresentará composições de Johann Sebastian Bach (Concerto Para Dois Violinos em Ré Menor, BWV 1043) e de PiotrIlitch Tchaikovsky (Serenata Para Orquestra de Cordas).


Encerrando o clico de concertos no Masp, o grandfinale terá dois protagonistas em 20 de novembro: às 11h, a Orquestra Sinfônica, com regência de Edislon Venturelli; às 16h, a Camerata, sob a orientação de Pedro Visockas (repertórios a definir).

 

 

Aqui você encontra a programação detalhada

 

 

SERVIÇO

Local: Auditório Masp Unilever

Endereço: Avenida Paulista, 1578

Horários: 11h e 16h

Duração:60 minutos

Ingressos (preços populares): R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Capacidade: 374 pessoas; há acesso para portadores de necessidades especiais
Mais informações: bilheteria do Masp ou pelo site www.ingresse.com
Classificação: livre

 

 

SOBRE O INSTITUTO BACCARELLI

Em 1996, sensibilizado por um incêndio de grandes proporções em Heliópolis, o maestro Silvio Baccarelli prontificou-se a ensinar música para 36 crianças e jovens da comunidade, como forma de diminuir o sofrimento das famílias atingidas e contribuir para a autoestima e possibilidade de educação desses menores. Como o bairro da zona sul paulistana não dispunha de local apropriado para as atividades, o maestro cedeu o próprio imóvel, o Auditório Baccarelli (localizado na Vila Clementino), para dar início às aulas.

 

Surgia, assim, o Instituto Baccarelli, uma organização sem fins lucrativos que, hoje, já em sede própria, atende cerca de 1.300 crianças e adolescentes por meio de seus programas socioculturais, os quais têm como premissa pedagógica proporcionar uma formação musical e artística de excelência, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento pessoal e criando oportunidades de profissionalização na música erudita.

 

Para essas atividades, o Instituto dispõe de ampla estrutura, distribuída em dois prédios, onde ocorrem práticas de conjunto de 5 orquestras, 20 corais e 6 grupos de câmara, além de aulas em grupo e individuais sob a responsabilidade de 6 regentes e 60 professores.

 

A Orquestra Sinfônica Heliópolis (OSH), principal formação da casa, é reconhecida internacionalmente por sua qualidade artística. Composta por 65 músicos, promove o nome do bairro em todo o Brasil, impactando positivamente na identidade da comunidade e na vida dos moradores. Com direção artística de seu maestro titular, Isaac Karabtchevsky (81), a orquestra tem como patrono o maestro indiano Zubin Mehta, que visitou a instituição em 2005 e se encantou com o poder da música enquanto ferramenta de transformação social. Até hoje, a OSH é a única orquestra de toda a América do Sul que teve a oportunidade - e orgulho - de ser regida por Mehta.

 

Para a manutenção de suas atividades, o Instituto Baccarelli conta com os seguintes patrocinadores, distribuídos por categorias. Master: Petrobras; Ouro: BNDES, Vivo e Volkswagen; Prata: Banco Volkswagen, Bradesco, Grupo Segurador BB e Mapfre; e Bronze: Instituto Votorantim, Magazine Luiza e Pernambucanas.

 

 

Instituto Baccarelli

Endereço: Estrada das Lágrimas, 2.317 – Heliópolis, São Paulo/SP

Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20h30;
sábados, das 8h às 15h30.

Contatos: (11) 3506-4646 ou pelo email contato@institutobaccarelli.org.br

Site: www.institutobaccarelli.org.br





 

AQUI VOCÊ ENCONTRA MAIS NOTAS MUSICAIS