ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Comemoração das estreias de três obras de Johannes Brahms

Última modificação : Sexta, 18 Outubro 2019 15:02


 

 

18/10

 

JOHANNES BRAHMS

Estreias: "SCHIKSALSLIED" (1871), "Quarteto de Cordas, Op. 51 Nº 2" (1873) e "CONCERTO DUPLO" (1877)

 

 

SCHIKSALSLIED, OP. 54

Título alternativo: Hyperions Schicksalslied ("Song of Destiny")

Obra para coro misto e orquestra, baseada no poema de Friedrich Hölderlin. Composto entre 1868 e 1871, em Wilhelmshaven. Obra com um movimento: Adagio (E major) - Allegro (C minor) - Adagio (C major) [consecutivos].

 

Teve sua estreia no dia 18/10/1871, em Karlsruhe, Alemanha.

 

Vídeo

 

 

Quarteto de Cordas, Op. 51 Nº 2

String Quartet No.2, Op.51 Nº.2

Obra composta em 1873, para 2 violinos, viola e violoncelo, em 4 movimentos:

Allegro non troppo

Andante moderato

Quasi Minuetto, moderato

Finale. Allegro non assai.

 

Dedicada a Dr. Theodor Billroth ("Seinem Freunde Dr. Theodor Billroth in Wien zugeeignet")

Mais maduros, os dois quartetos de Cordas Op. 51 demonstram a capacidade de síntese e concentração que viria a caracterizar a maturidade artística de Brahms.

Estreou em 18/10/1873.

 

Vídeo

 

 

CONCERTO DUPLO PARA VIOLINO E VIOLONCELO

Último concerto composto por Brahms e também sua derradeira composição usando orquestra. Datado de 1887, Brahms pode ter planejado prestar tributo ao ideal barroco do concerto grosso, ainda que esperasse atingir dois objetivos ao mesmo tempo.

 

Saiba mais

 

Vídeo




 

Copyright © Concertino 

Todos os direitos reservados



 

AQUI VOCÊ ENCONTRA MAIS DATAS COMEMORATIVAS